Vida do Patrono

Há trinta anos, perdia a Região Sanfranciscana de Alagoas-Sergipe um dos seus mais autênticos e ilustres filhos nascido nesta cidade de Penedo: o odontólogo e político Raimundo Marinho.

Empreendedor nato, destemido aos embates que lhe surgiam à frente, sensível aos anseios da população da região do Baixo São Francisco, particularmente a do seu município, para onde convergiam suas ações e preocupações maiores, marcaram sempre sua conduta de profissional e homem público, que lhe valeram a forte confiança que o fizeram eleito vereador de Penedo entre 1956-1960 e logo depois prefeito municipal por ires períodos, 1961-1966; 1970-1973 e 1977-1983, pelo povo de Penedo.

Raimundo Marinho nasceu em Penedo, no dia 13 de março de 1931, filho de José Marinho e Euthimia Reis Marinho, falecidos.

Seus estudos se iniciaram em Penedo e em Neópolis, nas escolas primárias da professora Lila Veiga (Neópolis) e da professora Maria Galindo de Campos (Penedo). Cursou o Colégio Diocesano de Penedo, Colégio Estadual da Bahia (Salvador). Seu curso superior foi na Escola de Odontologia da Universidade Federal da Bahia (Salvador), formando-se em Odontologia.

Foi cirurgião-dentista credenciado pelo INAMPS, Ipaseal, Fusal e Sudepe, lotado no INPS, e em várias entidades locais.

Agraciado com vários diplomas, como o de Integrante Rondonense da V Operação Recife, 1970; Agradecimento da ASDEG, Escola Superior de Guerra. Delegacia de Alagoas, 1972; Colaborador Especial da V Festa de Folclore Brasileiro, Ufal – Maceió 1977; Sociedade Civil de Bem-Estar família (BEMFAM), Maceió 1978; Colaborador do Serviço Militar 2ª Da.CRM- Maceió 1979; e do Amigo da Marinha,1980.

Em dezembro de 1979 fundou um semanário “Tribuna Penedense”.

Professor, ensinou na Escola Técnica de Comércio Dom Jonas Batinga, Colégio Imaculada Conceição, Diocesano de Penedo, Anfrisio Ribeiro e Faculdade de Formação de professores. Pertencia ao quadro de professores da Secretaria de Estado da Educação.

Foi membro do I Congresso Nacional dos Odontologistas, 1952. Secretário de Finanças do Diretório Acadêmico da Faculdade de Odontologia da Universidade da  Bahia, 1953-1954; do XVII Congresso Nacional de Estudantes, 1954; do IV Congresso Brasileiro de Odontopediatra, Salvador 1967; X Semana Odontológica de Alagoas, Penedo,1976. Participou do Curso Básico de Cancerologia, Penedo, 1977; do Seminário de Administração Pública e Desenvolvimento Regional, realizado na Alemanha, República Federal, junho 1972; do II Encontro Alagoano de Vereadores, 1978; do XVIII Seminário Brasileiro de  Planejamento Familiar, Manaus, 1980.

Idealizou, projetou a Fundação Educacional do Baixo São Francisco, Instituída pela Lei Municipal nº 638, de 13 de agosto de 1971, por tempo indeterminado, com sede e fórum nesta cidade de Penedo, visando ao desenvolvimento sócio-cultural da Região do Baixo São Francisco, prestando serviço educacional, técnico e social.

Assim sendo, criou e vem funcionando desde 1974 – a Faculdade de Formação de Professores de Penedo, com três cursos: Letras, Estudos Sociais e Ciências, por onde quase uma geração de jovens assomou-se por suas inúmeras salas, desejosa em obter formação superior e exercer o Magistério, e alcançou tais objetivos.

Os cursos de Letras e Estudos Sociais tiveram as suas licenciaturas plenas reconhecidas pelo então Conselho Federal de Educação (hoje Conselho Nacional de Educação), respectivamente em 1988 e 1989, enquanto que o curso de ciências teve sua plenificação já reconhecida pelo Conselho Estadual de Educação, estando o processo de reconhecimento em trânsito no Ministério da Educação em Brasília, cuja aprovação por aquele Conselho espera-se para os próximos meses, consolidando-se definitivamente a obra inesquecível do grande baluarte penedense Raimundo Marinho.

Dos cursos ministrados pela Faculdade já se formaram muitos alunos, filhos e filhas não somente de Penedo mas também de muitos outros municípios da Região, que, beneficiados pelos cursos realizados na Faculdade de Formação de Professores, hoje exercem o Magistério, graças pioneiramente a fundação idealizada por Raimundo Marinho, que entendeu que este herói sem armas – o professor do qual reverteu-se em verdadeiro e exemplar fundador, o nosso tributo, ao seu ideal de bem servir a sua gente e a região do Baixo São Francisco.