Tribuna Penedense

Primeiras Palavras…

Este jornal, nasceu de um propósito. Propósito que me anima no desempenho das atividades que exerço, no sentido de fazer sempre, alguma coisa em favor de nossa velha e querida cidade de Penedo.

Preocupou-me o desaparecimento do Semanário “O Apostolo”, iace as dificuldades encontradas pelo Reverendíssimo Bispo Diocesano em manter sua circulação. A tradição e o destaque que nossa cidade sempre teve, na imprensa interiorana, o registro e a divulgação dos fatos e coisas penedenses, tudo isto, contribuiu também para o surgimento deste Semanário.

Com estas razões, procurei o nosso Bispo fazendo-lhe um relato de minha intenção em fundar um jornal com o acervo de O Apostolo, tendo o constatino levando minha proposta ao Conselho Administrativo da Diocese que aprovou a venda dos Tipos e Máquina impressora para a Fundação Educacional do Baixo São Francisco.

E, assim, foi dado o primeiro passo que resultou no aparecimento da Tribuna Penedense.

Estamos começando. Não temos grandes planos.

Sabemos da nossa limitação. O essencial é a boa vontade que temos em fazer deste jornal um veículo que contribua para divulgação e engrandecimento do nome e Penedo, uma atuação clara e definida, coerente com os nossos princípios. Procuraremos sempre comentar os fatos, sem sensacionalismo, em benefício da verdade, e jamais, para apoiar aqueles, que só se preocupam em denegrir e distorcer a realidade em que vivemos.

Assim, nasceu a Tribuna Penedense, e acreditamos que com a ajuda de Deus e a firmeza de nossos propósitos, atingiremos o objetivo de sua criação.

*Texto extraído do primeiro exemplar da Tribuna Penedense, em 16 de Dezembro de 1979